Entregas em Gondomar, Valongo, Maia, Porto, Matosinhos e Gaia. Portes grátis para encomendas a partir de 50€.
  • Siro Húmus de Minhoca - Corretivo Orgânico BIO
  • Siro Húmus de Minhoca - Corretivo Orgânico BIO

Siro Húmus de Minhoca - Corretivo Orgânico BIO

3,85 €  

SKU: 5607226100177

Marca: Siro

Linha de Produto: Hobby

Tipo de Produto: Corretivo Orgânico


Siro Húmus de Minhoca é um corretivo orgânico Vermicomposto, produto estabilizado obtido a partir de um processo natural - a Vermicompostagem, promovida pela digestão de matéria orgânica a partir de minhocas em condições controladas.

Composição: Vermicomposto obtido a partir de estrumes de animais.

Produto recomendado para:
Hortícolas, Pomares, Florestais, Vinha e Jardinagem

Vantagens do produto:
" Fonte natural dos nutrientes necessários para obter um crescimento equilibrado das plantas,
" Aumenta a fertilidade e o teor de matéria orgânica do solo.
" Estimula e promove um bom desenvolvimento das raízes (sistema radicular) e consequentemente um crescimento da planta (aéreo), saudável e equilibrado, promovendo o sabor e coloração natural dos seus frutos (vegetais).
" Otimiza a estrutura física e biológica do solo, ampliando a resistência das plantas contra pragas e doenças.

Características físicas/químicas
Azoto total (N) - 1.1 %
Fósforo total (P2O5) - 0.8 %
Potássio total (K2O) - 0.8 %
Cálcio total (CaO) - 10 %
Magnésio total (MgO) - 2 %
Enxofre (SO3) - 1 %
Razão Carbono /Azoto - 14
Humidade - 34 %
Matéria orgânica - 27 %
pH - 7.3
Condutividade elétrica - 3.5 mS/cm
Massa volúmica aparente - 0.55 kg/dm3
Grau de maturação - grau V
Granulometria < 20mm
Materiais inertes antropogénicos 0%
Salmonella spp - ausente em 25g
E.Coli - n.º /g de matéria fresca <1000
Metais pesados totais - classificação I - A utilizar na Agricultura em geral

"Produto utilizável em agricultura biológica, segundo o regulamento CE 834/2007 e normas de execução"

Corretivo orgânico com autorização de colocação no mercado emitida pela DGAE ao abrigo do Dec-Lei 103/2015
N.º de Registo na DGAE - 272/2017

×